top of page

Um passo a mais na jornada de fazer com que seu filho e sua filha se sintam cada vez mais amados

No último post, conversamos sobre as 5 linguagens do amor, e como cada criança pode ter a sua linguagem preferencial.Também apresentei como os exemplos do livro "A Outra História de Cachinhos Dourados" podem te ajudar a compreender melhor cada uma delas e até identificar a da sua criança.



Se você não leu ainda, clique aqui.


Agora, vamos dar mais um passo de aprofundamento.


Nos seus livros "O Poder da Ação", "Educar, Amar e dar Limites" e "Decifre e Fortaleça seu Filho" (esse em co-autoria comigo), o PhD Paulo Vieira apresenta as "18 Maneiras de Amar”.


Elas podem ser utilizadas pelos pais (e também por educadores) com intencionalidade e sabedoria, sabendo que, ao fazer isso, estão oportunizando experiências, que gerarão memórias, que poderão resultar em adultos bem-sucedidos.


1. Afeto

2. V0

3. Diálogo

4. Elogiar

5. Profetizar

6. Cuidar

7. Socorrer

8. Participar

9. Limite

10. Paciência

11. Respeito

12. Amar a si mesmo

13. Surpreender

14. Harmonia

15. Perdoar

16. Cumplicidade

17. Fidelidade

18. Sacrifício


O que temos aqui são 5 linguagens de amor, dentre as quais, as crianças, geralmente, têm uma preferencial, e 18 maneiras de amar intencionalmente as crianças.


Mas como essas duas teorias podem elevar à máxima potência a compreensão dos seus filhos sobre quanto você os ama?


O primeiro passo é identificar qual a principal linguagem de amor do seu filho, da sua filha.


No livro "As 5 linguagens do amor das crianças", o autor apresenta algumas maneiras práticas de descobrir a linguagem preferencial. Uma boa dica é observar como a criança costuma manifestar seu amor por você, pelos irmãos, pela família.


Por exemplo, se ela costuma agarrar muito você, quer dar beijos e abraços o tempo todo, é possível que ela tenha, como linguagem preferencial, o Toque Físico. E assim por diante.


Uma vez que você tenha sua mente conectada a esse conhecimento e uma percepção inicial da linguagem de amor da criança, você pode direcionar as 18 maneiras de amar por meio dessa linguagem.


Vou utilizar a personagem Cachinhos Dourados, do livro “A Outra História de Cachinhos Dourados” para te dar um exemplo de como isso pode ser feito.


Vamos supor que Cachinhos tenha como linguagem de amor preferencial o Tempo de Qualidade. Como os pais dela poderiam aplicar intencionalmente as 18 maneiras de amar com essa criança que percebe melhor o amor que eles têm quando lhe dedicam tempo?

Um boa sugestão seria essa:





O mais incrível é que podemos fazer essas correspondências com qualquer uma das 5 linguagens do amor e as 18 maneiras de amar.


E aí, gostou?


Um abraço,


Vivi


18 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 comentarios


Invitado
04 may 2022

Uau! Vou aplicar!

Me gusta

Invitado
04 may 2022

Texto incrivel!

Me gusta
#fotosHD 76.jpg

Olá, que bom ver você por aqui!

Se você chegou aqui pela primeira vez, conheça um pouco sobre mim aqui. Eu quero conhecer você também, pode usar os comentário para isso!

Fique por dentro de todos os posts

Obrigado por assinar!

  • Facebook
  • Instagram
  • Pinterest
bottom of page